Idioma
O Meu Carrinho 0

Fabrico Aditivo: O que é? Quais as vantagens?

Fabrico Aditivo - Reiman

O que é o Fabrico Aditivo?

O Fabrico Aditivo é uma tecnologia de impressão 3D através da qual é possível obter peças, protótipos e modelos fortes e resistentes. A impressão 3D começa pela conceção da peça num software CAD que depois gera um ficheiro .stl. Posteriormente, esse ficheiro é colocado num software slicer que irá programar os vários parâmetros de fabrico da peça (altura de camada, infill, velocidades e temperaturas) e gerar um g-code. Os materiais utilizados na produção das peças diferem consoante o processo a utilizar, mas a aplicação é sempre feita camada por camada e sempre gerida pelo controlador da máquina.

A tecnologia de impressão 3D já existe há bastantes anos e desde então tem sido atualizada com as melhores tecnologias existentes e hoje faz coisas que há 20 anos atrás eram inimagináveis. O sucesso deste processo permite até a criação de tecidos humanos e leva os especialistas a pensar que daqui a alguns anos será possível criar também órgãos.

A Reiman tem disponível um novo serviço de Fabrico Aditivo - RMN Additive. Este é um projeto que foi desenvolvido com as tecnologias mais avançadas para oferecer um serviço especializado e totalmente personalizado.

Processos disponíveis:

SLA 

Através do SLA é possível criar e obter modelos e objetos das mais variadas formas, com bastante precisão. O seu funcionamento consiste em criar esses mesmos objetos através de um laser que gradualmente, solidifica o fotopolímero. Este processo funciona através de polimerização de resina e esta pode obter diferentes formatos e espessuras de acordo com o seu tipo.


FDM 

No FDM a produção das peças é feita através de um processo de extrusão onde o objeto é construído depositando o material amolecido camada por camada. Os materiais utilizados são os filamentos termoplásticos. Estes materiais são introduzidos numa impressora 3D que é programada com a temperatura que é necessário atingir. Assim que a mesma atinge a temperatura ideal, o processo inicia-se e o material começa a amolecer. Conforme referido anteriormente, este material, depois de amolecido, é depositado camada por camada em locais determinados onde arrefece e solidifica. Este é um processo repetitivo, que exige várias passagens até que as peças fiquem completas.

    Materiais Disponíveis:

    • Resinas (SLA)
    • Termoplásticos (FDM)

    Vantagens do Fabrico Aditivo:

    Rápido- O tempo de produção das peças é bastante reduzido, o que permite fazer vários protótipos num curto espaço de tempo. Em alguns casos é possível fazer a encomenda e no dia seguinte já ter o modelo em mão.

    Económico- Para além da rapidez do processo, o modelo económico do mesmo é também uma enorme vantagem, uma vez que a rapidez e praticidade do Fabrico Aditivo exigem muito menos processos e consequentemente muito menos pessoas envolvidas.

    Menos poluente- Uma vez que cada peça é contruída camada por camada, apenas é utilizado o material necessário à sua produção e por isso evitam-se excessos e desperdícios.

    Versátil/Personalizado- A quantidade de materiais aliados ao processo, faz com que seja possível produzir diferentes tipos de protótipos a nível de estrutura, tamanho, resistência, etc.

    Preciso- Este processo tem a capacidade de produzir geometrias muito complexas e ainda atingir cavidades que seriam inalcançáveis com outras tecnologias.

    Para mais informações, contacte a equipa especializada da Reiman.

    Contactos

    Tel.: +351 229618090

    comercial@reiman.pt | additive@reiman.pt 

    Artigos Relacionados