Idioma
O Meu Carrinho 0

O que é um rolamento? Quais os principais tipos existentes?

Rolamentos | Chiaravalli

Um rolamento tem como principal função a redução da fricção entre diferentes superfícies de contacto quando há um movimento rotativo. O rolamento é incorporado como o elemento intermédio entre as partes ou elementos fixos e os que estão em rotação.  Estes dispositivos têm uma alta precisão e baixo atrito o que lhes permite rotações altas, mas com ruído, calor e consumo de energia diminuídos.

O rolamento tem um número infinito de aplicações industriais. Este componente de transmissão mecânica é maioritariamente utilizado na construção de produtos e em máquinas e ferramentas.

Estes equipamentos compõem-se com os seguintes elementos:

  • Anéis (interno e externo)
  • Elementos rolantes (diferem consoante o tipo de rolamento)

Existem vários tipos de rolamentos, com diferentes características, para aplicações distintas. Embora o objetivo seja comum, há algumas particularidades que os distinguem. Apresentamos-lhe os principais, e mais utilizados, tipos de rolamentos do mercado.

Podem ser classificados de duas formas:

Pela sua forma de contacto com as pistas:

Rolamentos Axiais

Os rolamentos axiais têm um alargado número de aplicações e o tipo de carga que suportam (axial) é paralela ao eixo de rotação. São utilizados sobretudo para suportes de carga axiais e diferem de acordo com os seus elementos rolantes (esferas ou roletes).

Rolamentos Radiais

No que respeita aos rolamentos radiais, estes são dimensionados para suportar cargas radiais, perpendiculares ao eixo de rotação. São utilizados sobretudo para suportes de carga radiais e diferem de acordo com os seus elementos rolantes.

Pela direção de carga que acomodam:

Rolamentos de esferas

Estes rolamentos suportam cargas axiais e radiais, mas têm diferentes características para o conseguirem fazer. De uma forma geral, são constituídos por dois anéis, que alojam as esferas, e que reduzem a superfície de contacto e o atrito.

Os rolamentos de esferas dividem-se em diferentes categorias:

  • Rolamentos de contacto angular- ideais para movimentos de rotação que suportem elevadas cargas axiais.
  • Rolamentos rígidos de esferas- são os mais comuns na categoria dos rolamentos de esferas. Muito utilizados em motores elétricos.
  • Rolamentos lineares- possuem uma circulação de esferas axial. Ideais para movimento linear, ao longo do seu eixo.
  • Rolamentos autocompensadores- geram menos atrito que qualquer um dos outros tipos e são ideais para funcionamento a baixas temperaturas.

Rolamentos de rolos Cónicos

Os rolamentos de rolos cónicos suportam cargas radiais e axiais, o que os torna muito mais versáteis. Este tipo de rolamento tem a capacidade de suportar cargas muito elevadas e desalinhamentos angulares entre os anéis interno e externo. São indicados para transmissões de veículos e fusos de máquinas.

Rolamentos de Rolos, Cilíndricos ou Cónicos

Estes tipos de rolamentos são normalmente indicados para aplicações com elevados esforços radiais. Caracterizam-se principalmente pelo facto de serem separáveis e pela sua construção ser feita com e sem gaiola com uma, duas ou quatro carreiras de rolos (o que os distingue). Os rolamentos de rolos conseguem suportar cargas muito elevadas. Importa referir ainda que estes rolamentos têm geralmente uma longa vida útil, alta rigidez e baixo atrito, o que lhes confere um alto grau de fiabilidade.

    Conheça toda a gama de rolamentos que a Reiman tem para lhe oferecer.

    Para mais informações, contacte a equipa especializada da Reiman.

    Contactos

    Tel.: +351 229618090

    comercial@reiman.pt